A+ / A-

Benfica

João Neves continua a lateral? "Joga bem em todo o lado"

24 nov, 2023 - 14:14 • Redação

Schmidt admite que o jovem do Benfica é melhor médio que lateral-direito. Contudo, salienta que, por vezes, nomeadamente perante as lesões, um treinador tem de ser "flexível e criativo".

A+ / A-

Roger Schmidt admite que João Neves funciona melhor como médio do que como lateral, no entanto, destaca que o jovem "joga muito bem em todo o lado" e, quando assim é, por vezes o treinador tem de ser criativo.

Questionado, esta sexta-feira, em conferência de imprensa, se foi um erro a adaptação de João Neves a lateral-direito em jogos em que o Benfica alinhou como três centrais, o técnico alemão justifica a decisão com as lesões no plantel e defende que "funcionou muito bem".

"O João é mais um médio do que um ala, mas às vezes, como treinador, tens de ser flexível e criativo. Um jogador que é tão bom em tudo, a nível técnico, de inteligência e estratégico, pode jogar em quase todas as posições. Tal como o Fredrik Aursnes, o João Neves é um jogador que podes pôr em todo o lado e ele jogará muito bem em todo o lado. Claro que queremos ter os jogadores nas melhores posições, mas nem sempre é possível. Mas ele é mais médio do que ala", ressalva.

Neves voltou a jogar a médio frente ao Sporting, quando o Benfica voltou ao sistema de quatro defesas. A deslocação de Morato para lateral-esquerdo devolveu Aursnes à direita e, por sua vez, libertou o jovem médio para o meio-campo. Schmidt assume que, depois da derrota com a Real Sociedad, em que "a abordagem não foi perfeita", preferiu voltar à formação habitual: "Tivemos de encontrar uma solução nova."

Resta saber se João Neves jogará como lateral ou médio na receção do Benfica ao Famalicão, a contar para a quarta eliminatória da Taça de Portugal e marcada para sábado, às 20h45, no Estádio da Luz. Encontro com relato e acompanhamento no site da Renascença, em rr.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+