Tempo
|
Euranet
Visto de Bruxelas
Semanalmente, um olhar sobre a atualidade europeia. Quinta às 13h.
A+ / A-
Arquivo
Visto de Bruxelas (18/06/2021)

VISTO DE BRUXELAS

Leão assegura: "Europa está num ponto de viragem"

18 jun, 2021


Na edição desta sexta, analisamos uma semana muito marcada por questões económicas, também o certificado digital Covid a ganhar dimensão na UE e ainda os ecos da presença de Joe Biden na Europa.

O Ministro das Finanças afirmou esta manhã que a Europa está “num ponto de viragem”. João Leão presidiu à última reunião dos ministros das Finanças do bloco europeu, no âmbito da presidência portuguesa, e afirmou que “o pior da crise já passou”. O ministro orgulha-se das decisões que a UE tomou nas últimas semanas relativas à recuperação económica.

Esta semana esteve em Lisboa Ursula von Der Leyen, para aprovar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) português. A presidente da Comissão Europeia admitiu que os primeiros fundos que irão financiar os PRR poderão começar a chegar em Julho.

“Estou muito feliz por anunciar que a Comissão Europeia decidiu dar luz verde ao plano de recuperação português, depois de uma excelente cooperação com as autoridades portuguesas”, afirmou Ursula von der Leyen, após uma reunião com o Primeiro-ministro, António Costa, em Lisboa, acrescentando que este plano “é a recuperação que a Europa precisa e que vai transformar a economia portuguesa”.

Do lado português, Costa disse que esta aprovação significa “um verdadeiro marco na história da UE e o dia em que a esperança se converte na confiança”, com objectivos claros de “garantir uma economia mais competitiva, empresas mais produtivas, mais e melhor emprego digno e com direitos”.

Costa destacou, entre as prioridades deste PRR, o reforço de um Sistema Nacional de Saúde “mais forte e com menos desigualdades”, mas também a acção climática, através dos exemplos da mobilidade e da eficiência energética.

Cimeira da NATO é “virar de página”

O Primeiro-ministro considera que a Cimeira da NATO foi a “cimeira do reencontro entre a Europa e os Estados Unidos” e permitiu “virar a página” sobre um “episódio difícil e tenso” vivido pela Aliança “nos últimos anos”. “Esta foi a Cimeira do reencontro entre a Europa e os Estados Unidos da América em torno do reforço desta aliança multilateral”, afirmou.

A visita de Joe Biden a Bruxelas foi motivo de congratulação de Charles Michel, que recebeu o Presidente dos EUA no edifício do Conselho Europeu, para a cimeira UE-EUA e dizer que “estamos muito felizes por recebê-lo em Bruxelas. Está de regresso a Bruxelas e a América está de volta à cena internacional... é uma grande notícia para os aliados e para o mundo. E estamos encantados de poder trabalhar consigo por forma a enfrentarmos juntos os desafios globais”.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.