João Duque n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Execução do PRR. “Temos um grande atraso para recuperar”

João Duque

Execução do PRR. “Temos um grande atraso para recuperar”

09 jan, 2024 • Sérgio Costa , Cristina Nascimento


Economista olha para o mais recente relatório do Tribunal de Contas sobre o Plano de Recuperação de Resiliência.

O economista João Duque lamenta o atual nível de execução do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

No comentário ao mais recente relatório do Tribunal de Contas sobre o PRR, João Duque refere "temos um grande atraso para recuperar".

“O PRR continua a ser executado de uma forma muito abaixo do que era a previsão. Neste momento devíamos ter executado 58% do PRR. Estamos com pagamentos que representam 20 e picos por cento daquilo que foi aprovado”, refere.

Duque refere que as áreas com maior atraso são as "associadas à adninstração pública", o que evidencia que "quando se fizeram estes programas o Estado não tinha em linha projetos de investimento que pudessem rapidamente alimentados".

"As empresas sabem o que querem fazer constantemente e têm isto na calha, à espera da primeira oportunidade de financiamento. No Estado é muito difícil ter este tipo de execução", remata.

"É uma miragem pensar que vamos gastar este dinheiro dentro daqueles prazos previstos inicialmente", acrescenta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.