Henrique Monteiro n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Desconfinamento. “É estúpido começar a comer alarvemente quando começamos a emagrecer” - Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Desconfinamento. “É estúpido começar a comer alarvemente quando começamos a emagrecer”

26 fev, 2021


Começar a desconfinar já poderia dar sinais errados, diz Henrique Monteiro, para quem poderia haver condições para reabrir já algumas atividades, “se a abertura de algumas não correspondesse a um sinal para a abertura de outras”.

Henrique Monteiro pega na metáfora do emagrecimento lançada pela Ana Galvão para comentar os planos para o desconfinamento, que não deverá acontecer antes da Páscoa.

Na mensagem de quinta-feira à noite, o Presidente da República afirmou que desconfinar a correr seria leviano. Henrique Monteiro nota, a propósito, que já há mais pessoas na rua neste momento, pelo que, “se se desconfinasse mais um bocado voltava tudo ao normal”.

O comentador d’As Três da Manhã considera ainda que Marcelo deixou alguns recados: aos abaixo-assinados que estão contra o confinamento e o fecho das escolas, aos comentadores que partilham essa opinião e aos partidos.

E deixou ainda, na opinião de Henrique Monteiro, “uma crítica à distribuição prevista pelo Governo dos dinheiros que vai receber” da Europa. Marcelo é, no seu entender, da “mesma área” daqueles que dizem que “é muito dinheiro para o Estado e pouco para os privados”.

Henrique Monteiro reconhece, por fim, que “o impacto económico” do confinamento “é brutal” e “difícil de aguentar”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.