Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

10 fevereiro 2024

Ângelo Freire


Começou por cantar, ainda não tinha mudado a voz. Mas isso não o impediu de, aos 11 anos, vencer a Grande Noite do Fado na categoria de Juvenis e logo a seguir o “Bravo Bravíssimo”.

Ângelo Freire

Nessa altura já tocava e tinha uma grande paixão pela guitarra portuguesa. Foi aperfeiçoando a sua arte e o seu estilo, tocou sempre mais e melhor ao lado dos grandes nomes do fado, e hoje é considerado um dos maiores guitarristas portugueses.

Entretanto, a voz mudou, mas a vontade de cantar não desapareceu. Tal como fez com a guitarra também trabalhou e passou anos a aperfeiçoar a sua voz e agora o resultado está aí.

Esta semana no Música.pt o Ângelo Freire - fadista, compositor, produtor e um dos nomes maiores da Guitarra Portuguesa - conta ao Carlos Bastos porque estava na altura de dar voz ao seu primeiro álbum homónimo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.