Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

13 janeiro 2024

Rita Vian


Não morou (ainda) em todos os bairros de Lisboa e arredores, mas a sua coleção de moradas e experiências com diferentes realidades já é bastante grande.

Rita Vian

No entanto, se a vida de todos os dias foi feita na capital, as férias grandes de Verão foram passadas em Tomar onde estão as raízes da sua família. E onde aprendeu, por exemplo, a plantar cravos ou a andar de bicicleta.

A parte das flores não correu muito bem, ainda hoje continua à espera que os cravos apareçam, mas a experiência da bicicleta deu jeito mais tarde para as aulas de condução.

Lembra-se muito bem das cantorias em família, do primeiro teclado que recebeu no Natal e dos tempos que passou atrás de um balcão de bar ou da curta carreira de jornalista, mas o que entusiasmava não era a profissão, era a escrita. A escrita e a música.

Lançou um EP durante a pandemia, o timing não foi o melhor, mas mesmo assim deu-lhe alguma visibilidade. Agora tem aí finalmente o seu primeiro álbum intitulado “Sensoreal”.

A Rita Vian é a convidada do Carlos Bastos no Música.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.