Tempo
|
Euranet
Decidir Europa
Todas as semanas, um convidado especial fala sobre os grandes temas da Europa e do mundo no programa "Decidir Europa", com edição do jornalista José Bastos.
A+ / A-
Arquivo
Decidir Europa - Vítor Poças e a recuperação de um setor estratégico - 17/07/2021
Decidir Europa - Vítor Poças e a recuperação de um setor estratégico - 17/07/2021

Decidir Europa

Vítor Poças e a recuperação de um setor estratégico

16 jul, 2021 • José Bastos


Presidente da AIMMP - Associação de Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal - analisa a fileira da madeira com mais de seis mil empresas.

"2020 será o primeiro dos últimos 10 anos em que o setor não terá crescimento" – a frase, numa entrevista ao Jornal de Negócios, em Novembro, de Vitor Poças, presidente da Associação de Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal vinha acompanhada de um alerta: "as empresas não aguentam perdas anuais de 20% nos seus volumes de negócios sem fortes apoios ou sem procederem a grandes cortes nas suas estruturas de custos".

A AIMMPP é uma das mais influentes e tradicionais associações empresariais do país, foi fundada em 1957 e representa as empresas envolvidas no processo que vai desde o corte das árvores na floresta até à sua transformação e comercialização, incluindo uma enorme tipologia e variedade de produtos.

Conta com mais de 700 associados e está organizada em cinco divisões por subsetores como o abate, corte, serração de madeiras e embalagens, os painéis derivados de madeira e energia de biomassa, a carpintaria e outros produtos de madeira, o mobiliário e afins e a exportação, importação e distribuição de madeiras.

Nesta edição de Decidir Europa, Vítor Poças explica o que mudou de Novembro até meados de Julho e analisa o estado de um setor estratégico nas exportações portuguesas, que cresceu mais de mil milhões de euros em exportações nos últimos nove anos, sendo considerado um case-study em Portugal.

Este conteúdo é feito no âmbito da parceria Renascença/Euranet Plus – Rede Europeia de Rádios. Veja todos os conteúdos Renascença/Euranet Plus

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.