Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Fotogaleria

Afeganistão dominado pelos talibãs. Dez dias em imagens

Fotogaleria

Afeganistão dominado pelos talibãs. Dez dias em imagens

Tempo
|

16 ago, 2021 - 10:15 • Redação

Os talibãs tomaram o controlo de Cabul, no domingo, depois de terem entrado na capital sem encontrar resistência, com quase todas as províncias debaixo do seu domínio. Esta segunda-feira, o caos instalou-se na capital afegã, com muitos a invadirem o aeroporto internacional na esperança de conseguirem fugir. Recorde os momentos que têm marcado os últimos dez dias da tomada de controlo do país.

A+ / A-

Em apenas dez dias, os talibãs tomaram o controlo da maior parte do Afeganistão e chegaram às portas da capital, Cabul.

O mullah Baradar Akhund, chefe do gabinete político dos rebeldes no Qatar, anunciou o fim da guerra no Afeganistão, com a vitória dos insurgentes, após a fuga no domingo do Presidente Ashraf Ghani e a captura de Cabul.

"Conseguimos uma vitória que não era esperada, devemos mostrar humildade perante Alá", disse o antigo número dois do movimento rebelde, numa mensagem de vídeo, citado pela agência Efe, na que é a primeira declaração pública de um líder talibã após a conquista do país.

O Presidente afegão, Ashraf Ghani, deixou o país no doming. Segundo as últimas informações, o vice-presidente, Amrullah Saleh, também terá fugido.

Isto depois de os talibãs terem chegado a Cabul, na manhã de domingo. Ghani está sob crescente pressão para renunciar, uma vez que as principais cidades do Afeganistão caíram nas mãos de rebeldes nos últimos 10 dias.

O presidente afegão, que abandonou o Afeganistão quando os talibãs estavam às portas da capital, declarou ter fugido do país para “evitar um banho de sangue”, reconhecendo a derrota. Sem indicar para onde partiu, Ashraf Ghani declarou-se convencido de que “inúmeros patriotas teriam sido mortos e Cabul teria sido destruída” se tivesse ficado no Afeganistão.

“Os talibãs ganharam […] e são agora responsáveis pela honra, a posse e a autopreservação do seu país”, acrescentou, numa mensagem publicada na rede social Facebook.

Segundo as últimas informações, o vice-presidente, Amrullah Saleh, também terá fugido.

Pelo menos cinco civis morreram no aeroporto de Cabul numa altura em que multidões tentam invadir a pista e entrar nos aviões para abandonar o Afeganistão, avança a agência Reuters.

Testemunhas relatam ter visto os corpos de cinco pessoas a serem transportados para um veículo

No primeiro dia no Afeganistão sob controlo talibã desde a invasão dos Estados Unidos, em 2001, a segurança na capital afegã e na maior parte do país amanheceu nas mãos dos insurgentes, que patrulham as ruas e controlam a circulação.

Ruas semi-desertas e helicópteros no céu. As primeiras imagens da tomada de poder dos talibã em Cabul
Ruas semi-desertas e helicópteros no céu. As primeiras imagens da tomada de poder dos talibã em Cabul
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+