Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tecnologia

Está a chegar um novo rótulo ecológico para telemóveis

25 mai, 2021 - 19:52 • Sandra Afonso

A avaliação terá em conta a durabilidade, reparabilidade, reciclabilidade, eficiência climática e eficiência de recursos do aparelho.

A+ / A-

Está a chegar ao mercado um novo rótulo ecológico para telemóveis.

No próximo mês será implementado na Europa o “eco rating”, uma nova classificação que identifica os aparelhos mais sustentáveis. O objetivo é também “encorajar os fornecedores a reduzir o impacto ambiental dos dispositivos”.

Esta é uma iniciativa dos cinco maiores grupos de telecomunicações (Deutsche Telekom, Orange, Telefónica, Telia Company e Vodafone), que vai arrancar com a avaliação de “uma gama de telemóveis novos de 12 marcas”. Os promotores esperam que outros fornecedores adiram no futuro à iniciativa.

Em comunicado, a Vodafone acrescenta ainda que estão incluídos na fase de lançamento a Bullitt Group (com as marcas CAT e Motorola), Doro, HMD Global (Nokia), Huawei, MobiWire, Motorola/Lenovo, OnePlus, OPPO, Samsung Electronics, TCL/Alcatel, Xiaomi e ZTE.

Na prática, o “eco rating” pretende “fornecer informações consistentes e precisas acerca do impacto ambiental da produção, transporte, utilização e “fim de vida” dos smartphones”, diz a nota da Vodafone.

Cada telemóvel será classificado numa escala de 0 a 100, em conformidade com o respetivo desempenho ambiental, ao longo de todo o seu ciclo de vida. A avaliação vai centrar-se em 19 critérios, que darão lugar a uma pontuação única.

Serão ainda destacados “cinco aspetos-chave da sustentabilidade dos dispositivos móveis”, com informação adicional sobre a durabilidade, reparabilidade, reciclabilidade, eficiência climática e eficiência de recursos, tendo em conta a informação do fabricante:

  • Durabilidade – A robustez do dispositivo, a vida da bateria e o período de garantia do equipamento e dos seus componentes.
  • Reparabilidade: A facilidade de reparação do dispositivo, incluindo o design do telemóvel e as atividades de apoio que possam aumentar a vida útil do produto, melhorando o seu potencial de reparação, reutilização e atualização.
  • Reciclabilidade – A facilidade com que se podem recuperar e desmontar componentes do dispositivo, a informação fornecida para permiti-lo, e a facilidade com que os materiais podem ser reciclados.
  • Eficiência climática – As emissões de gases com efeito de estufa durante todo o ciclo de vida do dispositivo.
  • Eficiência de recursos – Avalia o impacto causado pela quantidade de matérias-primas escassas que o dispositivo requer (por exemplo, ouro para o fabrico de componentes eletrónicos) numa perspetiva de esgotamento dos recursos.

A partir de junho, já será possível consultar e comparar os rótulos Eco Rating nos pontos de venda dos cinco grupos, nos 24 países europeus onde estão presentes: Albânia, Áustria, Croácia, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Lituânia, Macedónia do Norte, Montenegro, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Turquia e Reino Unido.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+