Tempo
|
A+ / A-

Vaticano

Papa oferece 1. 200 vacinas aos pobres

26 mar, 2021 - 11:33 • Aura Miguel

A vacinação decorre durante a Semana Santa, no interior da Aula Paulo VI.

A+ / A-

Veja também:


O Vaticano anunciou que vai vacinar mais um grupo de pessoas, entre as mais frágeis e vulneráveis, acompanhadas pelos serviços de caridade do Santo Padre.

“Para concretizar os vários apelos do Papa Francisco, para que ninguém seja excluído da campanha de vacinação anti Covid-19, as doses da vacina Pfizer-BioNTech, adquiridas pela Santa Sé e oferecidas pelo Hospital Lazzaro Spallanzani, através da Comissão Covid-19 do Vaticano, serão destinadas à vacinação de 1.200 pessoas, entre os mais pobres e marginalizados, que estão mais expostos ao vírus, devido à sua condição”, lê-se no comunicado da Esmolaria Apostólica desta sexta-feira.

A vacinação decorre durante a Semana Santa, no interior da Aula Paulo VI, à semelhança do que já aconteceu em janeiro passado. O comunicado convida ainda os fiéis a colaborarem com doações online, para reforçar a conta da caridade do Santo Padre.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus Itália contabiliza 23. 464. 543 contágios e 106. 799 mortes.

A campanha de vacinação italiana continua e o número de doses administradas até agora é de 8.765.085, das quais 2.787.749 pessoas foram imunizadas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+