Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Paulo Rangel critica nomeação de Ana Paula Vitorino e diz que Merkel "tem razão"

23 jun, 2021 - 17:07 • José Pedro Frazão

No programa Casa Comum, da Renascença, Paulo Rangel acusou o PS faz uma planificação milimétrica na nomeação de cargos superiores da Administração Pública.

A+ / A-

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel diz que Ana Paula Vitorino não tem condições para liderar uma entidade reguladora. A ex-ministra, antiga deputada do Partido Socialista e mulher do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vai presidir ao Instituto da Mobilidade.

Para Rangel, não está em causa a competência de Ana Paula Vitorino mas vinca que "a vida pública administrativa rege-se por critérios objetivos de transparência, não por intenções".

"Até pode haver pessoas que tenham um conflito de interesses e sejam pessoas com perfil ético tal que consigam perfeitamente lidar com isso. Mas isso não é suficiente. Ela vai tutelar uma agência independente e ela não tem independência para ser um regulador", disse.

No programa Casa Comum, da Renascença, Paulo Rangel acusou o PS de fazer uma planificação milimétrica na nomeação de cargos superiores da Administração Pública.

Dias depois de se saber que, em 70% dos casos, é nomeada a pessoa que está em regime de substituição determinada pelo Governo, Rangel critica o PS, apesar de admitir que o PSD não foi sempre imaculado.

"Claro que houve erros, mas nunca houve esta planificação milimétrica e até, como eu digo, a adulteração das regras", acrescenta.

O eurodeputado do PSD afirma ainda que a chanceler alemã, Angela Merkel, tem razão nas críticas à gestão da pandemia em Portugal e ironiza sobre a suas responsabilidades para influenciar a chanceler alemã.

"Eu não sei se uma chanceler alemã se devia pronunciar sobre isto ou não, mas que ela tem razão, ai isso tem. Isso eu estou à vontade porque já o disse aqui nos microfones da Rádio Renascença. Agora, só espero mais uma vez é que, com aquela mania da perseguição que tem o primeiro-ministro, que ele não venha dizer que foram o Paulo Rangel ou o Miguel Poiares Maduro os conspiradores que convenceram a senhora Merkel a ter a mesma opinião que eles", disse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Álvaro Costa
    23 jun, 2021 Sines 17:34
    E o socialismo a tomar conta do estado,como um polvo que vai passando E vai com os seus tentaculos, agarrando tudo o que esta a sua volta,e as moletas do governo estão tranquilas e a oposicao a dormir,não aparece,não existe, uma vergonha para este governo e o PR em silencio.

Destaques V+