Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Presidenciais 2021

Porto dá segundo lugar a Ana Gomes, mas Ventura marcou pontos em mais distritos

25 jan, 2021 - 00:40 • Joana Gonçalves com Lusa

O líder do Chega alcançou o segundo lugar em dez distritos, mais três do que Ana Gomes. As duas regiões autónomas dividiram-se na eleição do número dois, mas há um concelho com o mesmo número de votos em ambos os candidatos.

A+ / A-

Veja também:


Os portugueses foram este domingo às urnas para eleger o Presidente da República e os resultados são claros: o país ficou pintado de uma só cor. Pela primeira vez, um candidato à Presidência da República venceu em todos os concelhos. Mas na luta pelo segundo lugar quem saiu vitorioso?

Apesar de ter superado André Ventura em número de votos, Ana Gomes fica atrás do candidato de extrema-direita quanto à soma dos distritos e concelhos que a colocam na segunda posição.

O líder do Chega alcançou o segundo lugar em dez distritos, mais três que a candidata independente, e em cerca de 200 concelhos, mais do dobro do que Ana Gomes.

André Ventura chegou a "número dois" em 204 concelhos, só atrás de Marcelo Rebelo de Sousa, tendo obtido melhores resultados em toda a faixa do interior do país, de norte a sul, em municípios com baixa densidade populacional.


Ventura bate candidato comunista no Alentejo

Os melhores resultados registados pelo candidato presidencial registaram-se no Alentejo, mais concretamente, em Mourão (34%), no distrito de Évora, Monforte (31%), Elvas (29%), Alter do Chão (25%) e Arronches (25%), no distrito de Portalegre, e Moura (31%), no distrito de Beja.

André Ventura ficou à frente do candidato comunista João Ferreira em todo o Alentejo, região considerada um bastião histórico do PCP.

Dos 308 concelhos, Ana Gomes ficou em segundo lugar em 90 municípios e foi a terceira candidata com mais votos em 192.

Os melhores resultados registados pela ex-eurodeputada socialista foram no Porto (20%), Lisboa (18,5%) Matosinhos (18%), Gondomar, Vila Nova de Gaia, Maia, Oeiras e Coimbra, todos com cerca de 17%.

O distrito do Porto foi o único em que a candidata conseguiu garantir a segunda posição em todos os concelhos.

No concelho da Ribeira Grande, na Ilha de São Miguel, os dois candidatos ficaram tecnicamente empatados, com o mesmo número de votos (756 para cada).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+