Tempo
|
A+ / A-

Política

Costa junta tropas para “Recuperar Portugal”

26 ago, 2020 - 18:56 • Eunice Lourenço

PS organiza conferência em Coimbra com vários ministros.

A+ / A-

O palco vai ser do primeiro-ministro e dos principais ministros com tutela sobre as questões relacionadas com a Covid-19, mas é uma organização do Partido Socialista (PS). Na próxima segunda-feira, em Coimbra, o PS quer marcar o fim das férias com uma conferência nacional sob o título “Recuperar Portugal”.

A conferência é aberta pelo presidente da Câmara de Coimbra e da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Manuel Machado, e pelo líder da distrital socialista e presidente da Câmara de Condeixa-a-Nova, Nuno Moita. Segue-se a líder parlamentar socialista Ana Catarina Mendes.

A intervenção do primeiro-ministro está prevista para as 11 horas e tem como título “Controlar a pandemia, Recuperar Portugal, Cuidar do futuro”, um título que depois será dividido pelos seus ministros. Depois da intervenção de António Costa, haverá ocasião para debate. Só as intervenções do líder socialista e dos ministros é que têm título anunciado e tempo para debate.

A seguir a António Costa, quase a chegar a hora de almoço, pelas 12h45, está prevista a intervenção de Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores e protagonista das únicas eleições que vão decorrer este ano: as regionais açorianas já marcadas para 25 de outubro.

Ao início da tarde, a ministra da Saúde, Marta Temido, vai falar sobre “Controlar a pandemia”. A seguir Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho e Segurança Social, divide o palco com Pedro Siza Vieira, ministro de Estado e da Economia, e ambos vão falar sobre “Recuperar Portugal”.

A terceira parte – “Cuidar do futuro” – fica por conta do ministro do Planeamento, Nelson de Souza.

A conferência, que decorrerá no grande auditório do Convento de S. Francisco, será encerrada pelo presidente do PS, Carlos Cesar. Mas antes de César ainda falará José Luís Carneiro, secretário-geral adjunto do PS.

A iniciativa já está a ser divulgada pelo presidente do Partido Socialista na sua página de Facebook.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Navegar à vista
    26 ago, 2020 Sem rumo certo 23:36
    Pode ser um comício, uma sessão de auto-promoção, um ensaio para continuar a girândola de mentirolas e prolongar a farsa em que vivemos. Uma "recuperação" de Portugal, não é de certeza. Conhecem algum plano - não me refiro ao do tal "paraministro" que esse, bastou a turistada inglesa recomeçar a chegar, para ser metido na gaveta - ou algo que o Costa tenha feito, que não fosse navegar à vista? E se o PSD não estivesse desaparecido em combate, isso seria debatido diariamente. Como o PSD tem ao leme um tipo que não se importa de ser o numero 2 desde que seja "um número" ...
  • João Lopes
    26 ago, 2020 19:45
    António Costa, atingiu o grau máximo de incompetência para estar à frente do Governo de Portugal, numa situação de crise como é a atual. Deveria demitir-se e entregar o governo a outro socialista. Mas a quem? Não têm!

Destaques V+