Tempo
|
A+ / A-

Incêndios. Mais de 200 bombeiros e 55 viaturas combatem fogo em Valpaços

15 ago, 2021 - 21:57 • Lusa

Não há habitações em perigo, garantiu este domingo à Lusa fonte do CDOS de Vila Real.

A+ / A-

Mais de 200 bombeiros, apoiados por 55 viaturas, estão a combater um incêndio que deflagrou esta tarde em Valpaços, na localidade de Pardelinha, mas não há habitações em perigo, garantiu hoje à Lusa fonte do CDOS de Vila Real.

De acordo com a página de Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 21:30 estavam envolvidos no incêndio numa zona de mato na localidade de Pardelinha, freguesia Santa Valha, Valpaços, 207 bombeiros apoiados por 55 viaturas.

"Estamos a reforçar [o combate] com mais meios terrestres", já que deixou de haver meios aéreos, explicou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real.

O incêndio ainda "está ativo", já que existe vento na zona, mas "em termos de ameaça a habitações e casas, nada disso está em perigo, nem se prevê que venha a estar", adiantou a mesma fonte.

O alerta do incêndio foi dado às 16:24 e pelas 18:25 estavam envolvidos nas operações de combate ao fogo 112 bombeiros, 28 viaturas e três meios aéreos.

Ainda segundo a página de Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, pelas 21:30, o fogo que tinha deflagrado esta tarde no concelho de Alenquer, no distrito de Lisboa, e que chegou a mobilizar cerca de 150 bombeiros, apoiados por quase 50 viaturas e três meios aéreos, já estava "em conclusão".

Contudo, a essa hora continuavam no local 134 homens, apoiados por 46 viaturas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+