Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

GNR multa 15 pessoas por caravanismo e campismo ilegal na Costa Vicentina

10 ago, 2021 - 17:05 • Lusa

O Comando Territorial de Setúbal da GNR refere que as infrações foram detetadas no âmbito da operação "Verão Seguro 2021".

A+ / A-

A GNR levantou esta terça-feira 15 autos de contraordenação pela prática de campismo e caravanismo ilegal ou irregular na área do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV), anunciou aquela força de segurança.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Setúbal da GNR refere que as infrações foram detetadas no âmbito da operação "Verão Seguro 2021".

Os militares do Núcleo de Proteção Ambiental de Santiago do Cacém (Setúbal) "fiscalizaram 15 pessoas", as quais foram identificadas e alvo de contraordenações "pela prática de infrações relacionadas com o campismo e caravanismo ilegal ou irregular em área protegida".

A ação de fiscalização, que contou com o reforço da Secção de Prevenção Criminal do Policiamento Comunitário e do Posto Territorial de Sines, foi realizada com o objetivo de fiscalizar a prática de campismo e caravanismo irregular no PNSACV.

O campismo e caravanismo ilegal ou irregular em área protegida "pode conduzir a uma ocupação excessiva e desordenada de espaços públicos, zonas costeiras e áreas classificadas por autocaravanas e similares, com consequências negativas na paisagem, no ambiente, no ordenamento do território e na saúde pública", adverte a GNR.

As coimas para os infratores podem ascender aos quatro mil euros, acrescenta.

A GNR promete ainda que "irá continuar a sensibilizar os caravanistas e campistas" para a adoção de "um comportamento mais responsável e amigo do ambiente", em particular nas áreas protegidas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+