Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Linhas vermelhas da pandemia

Covid-19. Mortalidade acima dos 80 anos pode aumentar nas próximas semanas

23 jul, 2021 - 22:29 • Redação

Relatório de monitorização das linhas vermelhas da pandemia indica que a ocupação em cuidados intensivos está nos 70% do limite crítico das 255 camas. Até 21 de julho, o maior número de internamentos em UCI (86) correspondia a doentes entre os 40 e os 59 anos.

A+ / A-

Veja também:


O relatório de monitorização das linhas vermelhas da pandemia do Instituto Ricardo Jorge (INSA) e da Direção-Geral da Saúde (DGS) aponta para um " incremento do número de casos no grupo etário acima dos 80 anos que pode vir a condicionar um aumento de número de internados e eventualmente do número de óbitos nas próximas semanas".

Segundo o documento, foi nesta faixa etária que se registou “a maior variação relativa face à semana passada”, com “uma incidência cumulativa a 14 dias de 128 casos por 100 mil habitantes, que reflete um risco de infeção inferior ao risco para a população em geral, mas que ainda assim apresenta um crescimento de 54% em relação ao observado na semana anterior”.

UCI com ocupação de 70%

Na contagem até à passada quarta-feira, o INSA e a DGS dão conta de 178 doentes internados em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 70% do valor crítico das 255 camas nessa valência hospitalar.

Oitenta e seis dos internados em UCI são doentes entre os 40 e os 59 anos.

No último mês, este indicador tem vindo a assumir uma tendência crescente. A região de LVT, com 97 doentes internados em UCI, representa 54% do total de casos em UCI, e corresponde a 94% do limite regional de 103 camas em UCI definido no relatório “Linhas vermelhas”.

Variante Delta responsável por 95% das infeções

A variante Delta da Covid-19, representa atualmente quase 95% dos casos da doença que foram detetados entre os dias 5 e 11 de Julho e o índice de transmissibilidade (Rt) é de 1.07.

A região Norte chega ao 1,16 seguida do Alentejo.

O Algarve apresenta agora uma taxa de incidência acumulada a 14 dias superior a 960 casos por cada 100 mil habitantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+