Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Menores de 60 anos que receberam vacina da AstraZeneca podem fazer segunda dose de outra

28 mai, 2021 - 22:54 • Filipe d'Avillez

Tanto a vacina da Pfizer como a Moderna podem substituir a segunda dose da AstraZeneca. Quem quiser fazer na mesma a AstraZeneca tem de assinar um documento de consentimento, explica a DGS.

A+ / A-

Veja também:


A Direção-geral da Saúde esclareceu esta sexta-feira que os menores de 60 anos que receberam uma primeira dose de vacina da AstraZeneca devem receber uma segunda dose da Pfizer ou da Moderna, seguindo assim a recomendação feita na semana passada pela Comissão Técnica.

A informação, publicada numa nota divulgada pela DGS, diz ainda quem quiser manter a segunda dose da AstraZeneca pode fazê-lo, mas tem de assinar uma declaração e consentimento.

Quanto aos maiores de 60 anos, a vacinação terá de ser completada com a AstraZeneca, com um intervalo de 12 semanas após a primeira dose.

Caso os menores de 60 anos recebam uma segunda dose diferente, a DGS informa ainda que existe o risco de uma reação mais aguda com uma variação de doses, pelo que recomenda a administração de paracetamol para aliviar o desconforto.

A vacina da AstraZeneca, agora chamada oficialmente Vaxzevira, tem sido associada a uma série de efeitos secundários, nomeadamente à formação de coágulos sanguíneos cerebrais, sobretudo em mulheres jovens, pelo que deixou de ser recomendada a pessoas abaixo dos 60 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+