Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

"Um dia ansiado". É a vez dos mais velhos e doentes acima dos 50

03 fev, 2021 - 09:41 • Beatriz Lopes , Cristina Nascimento

Primeiras inoculações começaram esta quarta-feira, partir das 8h00, em dois centros de saúde de Lisboa.

A+ / A-

Veja também:


Começou às 8h00 a vacinação dos primeiros portugueses com 80 ou com mais anos e pessoas acima dos 50 com doenças associadas. Foram convocados por SMS para irem a dois centros de saúde em Lisboa.

A vacinação decorre nas Unidades de Saúde Familiares de Alvalade e do Parque, em Lisboa e Vale do Tejo, onde até sexta-feira deverão ser administradas cerca de 300 vacinas contra a Covid-19.

Um dos utentes na fila para a vacinação tem 57 anos e um problema cardíaco. À Renascença garante não ter medo. "Era um dia ansiado. Quantas pessoas já foram vacinadas? Se houvesse problemas [com a vacina] já tinham acontecido. Não aconteceu até agora nada de grave, portanto não há receios", acrescenta, revelando que foi contactado pelo centro de saúde, através de SMS.

Ao lado, um octagenário alinha pelo mesmo sentimento. "Não tenho medo nenhum", garante. Nesta caso, o contacto foi feito por telefone.

Na quinta-feira, este processo de vacinação arranca na região Norte, com sete locais em Braga, Marão e Douro Norte, Porto Oriental, Póvoa de Varzim/Vila do Conde, Gaia, Gondomar e na Unidade Local de Saúde Nordeste.

Nestes sete locais serão administradas perto de 900 vacinas até ao final da semana, avança o Ministério da Saúde, ao adiantar que esta fase da vacinação vai iniciar-se na próxima semana nas restantes administrações regionais de saúde do país.

Segundo a mesma fonte, até ao final da tarde de terça-feira, já tinham sido enviadas cerca de 850 SMS a utentes a vacinar nesta fase e confirmados cerca de 370 agendamentos.

Em Portugal, morreram 13.017 pessoas dos 731.861 casos de infeção confirmados, de acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    03 fev, 2021 Trofa 10:29
    Como disse Ramalho Eanes quando foi dos ventiladores, o mesmo se aplica a vacinação, não era melhor começar a vacinar a população mais jovem?

Destaques V+