Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19. António Costa reúne-se com Ordem dos Médicos esta terça-feira

24 ago, 2020 - 13:11 • Eunice Lourenço

Reunião foi pedida pela Ordem que considera ofensivas declarações do primeiro-ministro em conversa privada com jornalistas do Expresso.

A+ / A-

Veja também:


O primeiro-ministro recebe esta terça-feira de manhã a Ordem dos Médicos, que tinha pedido uma reunião de urgência com António Costa. A Ordem divulgou hoje um comunicado em que considera ofensivas as declarações de António Costa numa conversa privada com jornalistas do semanário Expresso.

O vídeo dessa conversa foi divulgado nas redes sociais, primeiro, e depois por alguns órgãos de comunicação social durante o fim de semana.

O Expresso, em comunicado, anunciou que já desencadeou “os procedimentos internos e externos para apurar o que aconteceu e os responsáveis pelo sucedido”.

No comunicado, a Ordem considera que as afirmações de António Costa "independentemente de serem proferidas de forma pública ou em privado, traduzem um estado de espírito ofensivo para os médicos e um sentimento negativo por uma classe profissional".

O vídeo de sete segundos foi enviado pelo jornal para pelo menos duas televisões junto com outros vídeos da entrevista de António Costa. Entrevista essa que também já tinha provocado a indignação da Ordem dos Médicos por António Costa ter dito que aquela entidade não tem poderes fiscalizar situações como a do lar de Reguengos de Monsaraz e que as ordens não existem para fiscalizar o Estado.

Em reposta, Miguel Guimarães já tinha dito que esta não era uma boa altura para o primeiro-ministro abrir conflitos com aquela classe.

[notícia atualizada às 13h59]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Filipe
    24 ago, 2020 évora 13:42
    Os médicos tem de ser acusados e presos pelo crime de Recusa de Médico artigo 284.º do Código Penal , qualquer dia existe um sismo ou algo parecido e depois ninguém quer prestar auxílio pela desculpa de falta de condições . E , que condições tem os médicos em teatro de guerra , em Beirute com a explosão , em zonas de África ? O problema geral é quem chamou de "cobardes" aos médicos tem razão mas a razão principal para isto ter acontecido foi de um confinamento aldrabado num Estado de Emergência e depois um desconfinamento ao sabor dos abutres criminosos da economia e todo bandalho . O principal culpado com ordem de prisão denomina-se António Costa pelo genocídio de humanos inocentes , quando o dever do Estado é proteger o povo de ataques sejam virais ou atos de guerra . Prendam o genocida caso as mortes e efeitos colaterais vão superar noo mesmo tempo os da Guerra de África .

Destaques V+