Tempo
|
A+ / A-

Lisboa. Hospital de Santa Maria com horário alargado de consultas

30 abr, 2020 - 09:55 • Anabela Góis

Para evitar os contágios foram definidos números máximos de ocupação das salas de espera.

A+ / A-

Veja também:


A partir de segunda-feira o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, vai ter horário alargado de consultas - das 8h00 às 20h00.

O objetivo é aumentar em 50% o número de consultas presenciais e começar a recuperar algumas das que foram adiadas por causa da pandemia.

Para evitar os contágios foram definidos números máximos de ocupação das salas de espera.

Os utentes têm de usar mascara cirúrgica, desinfetar as mãos e medir a temperatura antes de entrarem. Quanto a acompanhantes só são permitidos se forem imprescindíveis.

Os gabinetes serão desinfetados a cada três horas de consultas.

Um pouco por todo o país, os hospitais começam a preparar-se para retomar a atividade não urgente. No hospital de Leiria, por exemplo, o serviço de urgência já regressou ao local habitual e as equipas de médicos e enfermeiros voltaram aos serviços originais. Já os gabinetes de consultas externas voltam a abrir.

O primeiro-ministro anuncia esta quinta-feira o plano do Governo para o levantamento gradual das restrições à atividade social e económica até 1 de junho, com as primeiras medidas a entrarem em vigor já na segunda-feira.

António Costa deverá comunicar este conjunto de medidas, assim como a substituição do atual estado de emergência pela declaração de calamidade pública, no final da reunião do Conselho de Ministros.

Em Portugal, morreram 973 pessoas das 24.505 confirmadas como infetadas, e há 1.470 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Portugal é o 20.º país do mundo com mais óbitos e o 18.º em número de infeções.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 224 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+