Tempo
|
Autárquicas 2021
34,22%
148Câmaras
13,2%
72Câmaras
10,81%
31Câmaras
8,21%
19Câmaras
5,54%
19Câmaras
4,16%
0Câmaras
2,75%
0Câmaras
1,5%
6Câmaras
1,3%
0Câmaras
14,18%
13Câmaras
  • Freguesias apuradas: 3092 de 3092
  • Abstenção: 46,35%
  • Votos Nulos: 1,58%
  • Votos em Branco: 2,50%

A+ / A-

Afeganistão. Pentágono indica que tráfego foi retomado no aeroporto de Cabul

17 ago, 2021 - 00:22 • Lusa

Pelo menos duas pessoas armadas foram mortas a tiro pelas forças norte-americanas no aeroporto, em Cabul, confirmou o Pentágono.

A+ / A-

O Pentágono revelou que foi retomado o tráfego no aeroporto de Cabul, capital do Afeganistão, tomada nas últimas horas pelos talibãs e de onde milhares de pessoas tentam escapar por temer represálias.

A situação no Aeroporto Internacional Hamid Karzai, cujas pistas foram invadidas por milhares de pessoas tentando desesperadamente fugir do Afeganistão, obrigou a que todos os voos fossem suspensos por várias horas na tarde de segunda-feira.

Num briefing no Pentágono, durante a noite desta segunda-feira, o general Hank Taylor afirmou que, por volta das 17h30 locais, (22h30 de Portugal continental), o tráfego no aeroporto está de novo aberto.

Pelo menos duas pessoas armadas foram mortas a tiro pelas forças norte-americanas no aeroporto, em Cabul, confirmou o Pentágono.

De acordo com várias testemunhas locais, pelo menos seis pessoas morreram, enquanto milhares de pessoas desesperadas tentavam fugir do país embarcando em voos de repatriação.

Paralelamente, o Departamento de Estado norte-americano pediu aos seus cidadãos no Afeganistão para que não se dirijam ao aeroporto de Cabul, e se mantenham escondidos, até instruções em contrário.

O porta-voz do Departamento de Estado, Ned Price, também garantiu que continuam a ser exploradas "todas as opções" para retirar os afegãos beneficiários do programa de visto especial e suas famílias.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+