Tempo
|

35,42%
47 Deputados
25,24%
28 Deputados
9,05%
7 Deputados
6,37%
3 Deputados
4%
1 Deputados
3,09%
1 Deputados
1,38%
0 Deputados
1,25%
0 Deputados
1,11%
0 Deputados
5,15%
5 Deputados
  • Freguesias apuradas: 2495 de 3092
  • Abstenção: 45,06%
  • Votos Nulos: 5,44%
  • Votos em Branco: 2,48%

Total esquerda: 57Mandatos
Pan: 1Mandatos
Total direita: 34Mandatos
A+ / A-

Inglaterra. Tiroteio em Plymouth faz pelo menos seis mortos, entre eles uma criança

12 ago, 2021 - 21:22 • Redação

Alerta foi dado pouco depois das 18h00. O atirador foi baleado pela polícia e terá morrido. Autoridades afastam possibilidade de se tratar de um ato de terrorismo.

A+ / A-

Pelo menos seis pessoas, incluindo uma criança, morreram esta quinta-feira na sequência de um tiroteio em Plymouth, no sudoeste de Inglaterra, segundo avança o jornal The Guardian.

As autoridades falam de "incidente sério com armas de fogo" e, segundo a imprensa britânica, o número de vítimas poderá ser superior ao longo das próximas horas.

Em comunicado, a polícia de Devon e Cornwall referiu que "a polícia foi chamada a intervir num grave incidente com armas de fogo em Biddick Drive, na área de Keyham de Plymouth por volta das 18h10" e que, "após chegar ao local, duas mulheres e dois homens morreram. Um outro homem, que se acredita ser o agressor, também morreu".

A nota acrescenta que uma outra mulher, que ainda recebeu assistência no local do tiroteio, acabou por morrer pouco tempo depois no hospital.

Várias estradas estão cortadas e a polícia pede à população que evite a área.

Fontes do mesmo jornal avisam que o número de vítimas pode aumentar e registar-se "múltiplas fatalidades".

Entretanto, segundo as estações televisivas BBC e Sky News, um forte dispositivo de emergência está mobilizado num grande incidente, considerado “sério e trágico” e que o atirador está incluído na contabilidade das vítimas.

Através do Twitter, o deputado Johnny Mercer apela à serenidade da população e que este incidente “não está relacionado com terrorismo”.

A polícia local corrobora esta afirmação, dizendo tratar-se de um "incidente doméstico", ao mesmo tempo que pede que seja evitada a publicação nas redes sociais de imagens do local do crime.

"Pedimos ao público para não especularem e partilharem fotografias nas redes sociais ou em qualquer outro lugar", apelaram as forças de segurança britânicas.

[Notícia atualizada às 01h53]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Casa de Acolhimento
    14 ago, 2021 Santo Tirso 14:13
    Basta, golo certeiro

Destaques V+