Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Filho de Bolsonaro afirma que cirurgia ao pai não está descartada

15 jul, 2021 - 18:32 • Redação

O Presidente brasileiro tem evoluído de forma satisfatória, mas ainda não conta com previsão de alta.

A+ / A-

O Presidente brasileiro ainda pode ser operado após ter sido internado devido a uma "crise de soluços". Num vídeo divulgado esta quinta-feira, o filho de Jair Bolsonaro afirmou que a hipótese não está descartada.

“Com este quadro, há uma possibilidade de cirurgia, mas também há uma esperança de que essa dobra, essa aderência se desfaça naturalmente. Os médicos estão, a todo momento, fazendo esta avaliação, se fazem uma cirurgia, ou se deixam mais um tempinho para ver se isso se resolve”, explicou Eduardo Bolsonaro.

Num comunicado divulgado esta quinta-feira, a equipa médica afirma que o estado clínico do presidente do Brasil evoluiu "de forma satisfatória". Até ver, não estão previstas alterações no tratamento, ou que seja concedida alta hospitalar, ao chefe de Estado.

Jair Bolsonaro foi internado, esta quarta-feira, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, devido a uma obstrução intestinal. “Foi retirado um litro de líquido do estômago" ao chefe de Estado brasileiro, de acordo com o filho.

"Aliviou a dor. Ele [Jair Bolsonaro], ontem, estava reclamando de dor, mas dores leves”, contou, em tom tranquilizador, Eduardo.

Já o senador Flávio Bolsonaro, filho mais velho, revelou no Twitter, esta quinta-feira, que o pai acordou "bem disposto".

"A continuar assim, não precisará fazer cirurgia! Obrigado a todos pelas orações!", escreveu na rede social.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+