Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Dinamarca endurece regras para a naturalização de imigrantes

20 abr, 2021 - 19:58 • Lusa

De acordo com os dados oficiais de estatística, 11% dos 5,8 milhões de habitantes da Dinamarca são estrangeiros, dos quais 58% são cidadãos de um país classificado como "não ocidental".

A+ / A-

A Dinamarca, que tem uma das políticas de acolhimento mais restritivas da Europa, anunciou esta terça-feira o reforço das condições para a naturalização de imigrantes, excluindo todos os que foram condenados a prisão.

"A obtenção da cidadania dinamarquesa é uma grande declaração de confiança por parte da sociedade dinamarquesa (...), portanto, é necessário elevar os padrões para determinar quem pode se tornar um cidadão dinamarquês", disse o Ministério da Migração, em comunicado.

Para os candidatos à naturalização, será assim necessário provar que se tem cadastro limpo: nenhuma pena, mesmo suspensa, tendo assegurado a sua subsistência durante pelo menos três anos e meio nos últimos quatro anos, em vez de quatro e meio em cinco.

A proposta apresentada pelo Governo social-democrata, com o apoio de três partidos de oposição de direita, privilegia os "valores dinamarqueses", incluindo cinco questões sobre este assunto no teste imposto aos candidatos, para além de testes de língua oral e escrita.

"Queremos ter a certeza absoluta de que aqueles que recebem a cidadania dinamarquesa, com todos os direitos que a acompanham, estão bem integrados na sociedade dinamarquesa e também a abraçaram - incluindo os valores dinamarqueses", explicou na televisão pública o ministro da Migração, Mathias Tesfaye.

De acordo com os dados oficiais de estatística, 11% dos 5,8 milhões de habitantes da Dinamarca são estrangeiros, dos quais 58% são cidadãos de um país classificado como "não ocidental".

Em 2020, das cerca de 7.000 pessoas que se tornaram dinamarquesas, mais de metade eram europeus.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jose Carlos Fonseca
    21 abr, 2021 Maia 08:40
    Deveria ser o exemplo a seguir aqui em Portugal.

Destaques V+