Tempo
|
A+ / A-

​Nova Zelândia sobe salário mínimo e impostos dos 2% mais ricos

01 abr, 2021 - 15:20 • Redação

Governo de Jacinda Ardern também aprovou alguns aumentos do subsídio de desemprego e de baixas por doença para ajudar as camadas da população mais vulneráveis.

A+ / A-

O Governo da Nova Zelândia anunciou esta quinta-feira um aumento do salário mínimo em simultâneo com uma subida dos impostos para os contribuintes mais ricos.

O salário mínimo nacional vai aumentar para 20 dólares por hora (17,25 euros), uma subida de 1,14 dólares que vai beneficiar mais de 175 mil trabalhadores.

No total, este aumento do salário mínimo está avaliado em 216 milhões de dólares por ano.

O aumento dos impostos vai abranger pessoas com rendimentos superiores a 180 mil dólares por ano, o equivalente a 2% dos contribuintes da Nova Zelândia.

Com esta medida, o Governo da primeira-ministra Jacinda Ardern estima arrecadar 550 milhões de dólares em receitas anuais.

Jacinda Ardern afirma que as mudanças fiscais e no salário mínimo vão ajudar a faixa da população mais vulnerável.

Nesse sentido, o executivo também aprovou alguns aumentos do subsídio de desemprego e de baixas por doença.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Armindo Bento
    02 abr, 2021 Almeirim 22:41
    Erro pois trata de dolars NZ e não USA. Um dolar NZ hoje 0,58 do euro, logo 20 dolares NZ equivale a 11,6 euros .

Destaques V+