Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

​"Está tudo bem". A primeira reação de Trump ao ataque do Irão

08 jan, 2020 - 02:48 • Redação

Presidente norte-americano diz que "a avaliação de baixas e estragos está a decorrer", mas "até agora, tudo bem".

A+ / A-

Veja também:


O Presidente norte-americano reagiu aos ataques do Irão contra bases no Iraque através da rede social Twitter. Donald Trump diz que “está tudo bem” e promete uma declaração para esta quarta-feira.

"Está tudo bem. Foram lançados mísseis a partir do Irão contra duas bases militares no Iraque. A avaliação de baixas e estragos está a decorrer. Até agora, tudo bem! Temos as forças armadas mais bem equipadas e poderosas do mundo, de longe! Farei uma declaração amanhã de manhã", escreveu o líder dos Estados Unidos.

Esta é a primeira reação do Presidente dos Estados Unidos aos ataques contra as bases de Al-Asad e Erbil, no Iraque, onde estão estacionados militares norte-americanos.

Os bombardeamentos com mísseis foram a resposta ao assassinato do "número dois" do regime de Teerão, o general Qassem Soleimani, morto num ataque com um drone dos EUA.

O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Mohammad Javad Zarif, garantiu esta quarta-feira, através da rede social Twitter, que o Irão “não procura uma escalada [da violência] ou começar uma guerra”, mas garante que Teerão “vai defender-se de qualquer agressão [norte-americana]”.

Javad Zarif escudou-se ainda no artigo 51.º da Carta das Nações Unidas, que prevê a legítima defesa, individual ou coletiva, no caso de ocorrer um ataque armado contra um membro da organização.

Segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão, o país sofreu “ataques cobardes contra cidadãos e altos funcionários” do regime.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    08 jan, 2020 Lisboa 08:52
    Com os sistemas anti-missil que os EUA possuem, espanta que os "foguetes" iranianos tenham sequer chegado perto. A não ser ... que tenha sido "permitido" para abrandar a pressão e acalmar o Irão.

Destaques V+