Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Start-up vence concurso com atividades digitais para idosos

19 jul, 2021 - 16:38 • Sandra Afonso

A CEO da Actif Age admite que a pandemia veio alertar para a desvalorização da necessidade de atividade física, um problema que se tem vindo a instalar.

A+ / A-

A Actif Age garantiu o primeiro lugar na sexta edição do STEAM4Health, uma iniciativa da Bayer Portugal, com o objetivo de ligar empreendedores, instituições, estudantes e organizações interessados em tecnologias e ciências da vida (Life Science).

Este ano a start-up vencedora garante um “serviço de subscrição de atividades digitais interativas para idosos, com sessões especializadas e adaptadas a qualquer condição física ou mental”.

A avó de Sara Gonçalves, co-founder e CEO da Actif Age, é indiretamente uma das responsáveis pelo projeto. Foi diagnosticada com Alzheimer há dez anos e, desde então, melhorar a qualidade de vida da população sénior tornou-se uma prioridade para a empreendedora.

Sara admite ainda que a pandemia veio alertar para a desvalorização da necessidade de atividade física, um problema que se tem vindo a instalar: “muita gente sabe que é importante, mas não incorporam isso nas suas rotinas por várias razões”.

Na Actif Age, acreditam que os idosos têm “mais do que capacidade para aprender a usar tecnologias”. Esta foi também uma lição da pandemia, segundo Sara Gonçalves. Garantem que com esta start-up, que chamam de “Netflix saudável para seniores”, os séniores podem desfrutar de uma vida mais ativa, feliz e saudável, através de sessões e atividades desenhadas por especialistas e adaptadas às necessidades de cada um.

Em segundo lugar ficou a start-up MyCareforce, “uma plataforma que facilita a relação entre enfermeiros e instituições de saúde, disponibilizando turnos de forma rápida, fácil e flexível”.

Na terceira posição surge a Portugal Green Travel, que gere destinos e é especializada em “experiências autênticas e sustentáveis, com especial foco em territórios de baixa densidade”.

Em último, um conceito que se multiplicou com a pandemia, a FHLUD: um marketplace para produtos hortofrutícolas frescos, com entregas ao domicílio e onde os produtores e consumidores podem comprar, vender e doar alimentos de origem local.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+