Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Aviação

TAP reforça ligações a Luanda e passa a voar três vezes por semana para a capital angolana

06 jul, 2021 - 21:25 • Lusa

Medida entra em vigor a partir de sábado e mantém-se até outubro.

A+ / A-

A transportadora aérea portuguesa TAP vai reforçar as ligações à capital angolana com um terceiro voo, a partir de sábado, que se vai manter até outubro, disse à Lusa fonte oficial da companhia.

Excecionalmente, na próxima semana, altura em que decorre a cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), marcada para 16 e 17 de julho em Luanda, a TAP vai operar a terceira frequência ao domingo, para permitir o regresso desse tráfego, indicou a mesma fonte.

Atualmente operam no aeroporto de Luanda nove companhias internacionais: a TAP, a angolana TAAG, a belga Brussels Airlines, a francesa Air France, a alemã Lufthansa, a Emirates dos Emirados Árabes Unidos, a sul-africana CemAir, a etíope Ethiopian Airlines e a Qatar Airways.

Angola tem mantido desde o início da pandemia de Covid-19, restrições ao seu espaço aéreo, tendo suspendido os voos diretos para Portugal, Brasil e África do Sul entre 24 de janeiro e 13 de março, na fase mais aguda da pandemia.

Posteriormente, devido ao aumento do número de casos, o executivo angolano apresentou novas medidas para travar o avanço da pandemia e decidiu interditar, temporariamente, a entrada no país de estrangeiros não residentes provenientes do Brasil e Índia, determinando “quarentena institucional obrigatória” aos nacionais e estrangeiros residentes oriundos de ambos dos países, devido à pandemia de Covid-19.

Segundo o último diploma legal, que se estende até 9 de julho, a interdição temporária é aplicável também a quem tenha feito trânsito em qualquer um dos dois países.

Para evitar a importação de vírus, é obrigatória a realização de um teste pré-embarque PCR, realizado até 72 horas antes do embarque, bem como um teste pós-desembarque (antigénio), para todos os passageiros à chegada ao Aeroporto 4 de Fevereiro, em Luanda.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+