Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tribunal europeu dá razão à Ryanair e anula ajuda do Estado à TAP

19 mai, 2021 - 10:33 • Redação com Lusa

Decisão surge na sequência de um recurso que pretendia anular o empréstimo de 1.200 milhões de euros aprovado pela Comissão Europeia em junho de 2020.

A+ / A-

O Tribunal de Justiça da União Europeia anulou a decisão de Bruxelas sobre a ajuda do Estado português à TAP.

“A decisão da Comissão que declara o auxílio de Portugal a favor da companhia aérea TAP compatível com o mercado interno é anulada por não estar suficientemente fundamentada”, informa o Tribunal Geral (primeira instância) em comunicado de imprensa.

Ainda assim, a estrutura explica que “os efeitos da anulação - entre os quais a recuperação do auxílio - são suspensos enquanto se aguarda uma nova decisão”.

A decisão surge na sequência de um recurso da Ryanair, apresentado em julho do ano passado, que pretendia anular o empréstimo de 1.200 milhões de euros do Estado à TAP, aprovado pela Comissão Europeia em junho de 2020.

No recurso interposto, a transportadora aérea de baixo custo argumentava que o apoio português violava o tratado europeu e as regras concorrenciais.

Como diz respeito a decisões de primeira instância, as partes ainda podem recorrer para o Tribunal de Justiça da UE, dispondo de um prazo de dois meses para o fazer.



Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ANTÓNIO GONÇALVES FE
    19 mai, 2021 QUEIJAS 13:28
    Aí está mais incompetência.. dormem com os louros e depois... aqui d'elrei

Destaques V+