Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Veja as imagens. Trânsito na Baixa de Lisboa só para residentes e portadores de dístico

31 jan, 2020 - 13:18 • Lusa

A medida, que será aplicada a partir do verão, foi anunciada esta sexta-feira pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, na sessão de apresentação da nova Zona de Emissões Reduzidas (ZER) Avenida/Baixa-Chiado.

A+ / A-

O trânsito automóvel na zona da Baixa-Chiado, em Lisboa, passará a ser exclusivo para residentes, portadores de dístico e veículos autorizados, entre as 6h30 e as 00h00, a partir do verão.

A medida foi anunciada esta sexta-feira pelo presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, na sessão de apresentação da nova Zona de Emissões Reduzidas (ZER) Avenida/Baixa-Chiado.

A partir de julho/agosto, será necessário um dístico para aceder a esta zona e, no caso dos residentes, estacionar à superfície.

O acesso ficará assim condicionado aos segmentos autorizados, com controlo de acessos, que funcionará todos os dias entre as 6h30 e as 00h00.

Neste horário, não poderão circular veículos com mais de 7,5 toneladas, exceto pesados de passageiros autorizados, viaturas de higiene urbana e veículos de emergência.

Rua da Misericórdia. Imagem: CML
Rua da Misericórdia. Imagem: CML
Avenida Almirante Reis sem carros. Imagem: CML
Avenida Almirante Reis sem carros. Imagem: CML
Rua do Ouro sem carros. Imagem: CML
Rua do Ouro sem carros. Imagem: CML
Largo do Chiado sem carros. Imagem: CML
Largo do Chiado sem carros. Imagem: CML

Com exceção de veículos de residentes e de cidadãos com mobilidade reduzida, é também proibida a circulação de viaturas anteriores ao ano de 2000.

Os veículos das forças e serviços de segurança, de proteção civil e serviços em missão de urgência, veículos funerários em serviço, motociclos, ciclomotores e velocípedes não precisam de dístico.

Quando o projeto entrar em vigor, o acesso e estacionamento na via pública passará a ser permitido apenas a residentes, cuidadores e a veículos afetos ao Serviço Nacional de Saúde e a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

A ZER abrange parte das freguesias de Santa Maria Maior, Misericórdia e Santo António, sendo delimitada a norte pela Calçada da Glória, Praça dos Restauradores e Praça do Martim Moniz, e a sul pelo eixo formado pelo Cais do Sodré, Rua Ribeira das Naus, Praça do Comércio e Rua da Alfândega.

Esta zona de emissões reduzidas é delimitada a nascente pela Rua do Arco do Marquês de Alegrete, Rua da Madalena e Campo das Cebolas, e a poente pela Rua do Alecrim, Rua da Misericórdia, Rua Nova da Trindade e Rua de São Pedro de Alcântara.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • me
    03 fev, 2020 13:03
    Não me venham com censuras. Nada há de errado ou ofensivo no comentário anterior.
  • me
    03 fev, 2020 13:01
    Se este país fosse civilizado, o sr fernando já estava despedido.
  • me
    01 fev, 2020 12:13
    Esta gente anda nos chutos ou nos copos (uma forma antiga de esquecer, de acalmar).. Como se circulará no centro desta vila? Mudem de droga.
  • Mais uma
    31 jan, 2020 do Medina 15:35
    Qual a alternativa de transito? Alguma via obscura, completamente entupida? Não, transportes públicos daqueles apinhados como sardinha em lata, em numero insuficiente, sempre pontualmente atrasados... O Medina que destaque muitos polícias para a área. Se há alturas na Vida em que a única opção é desobedecer, esta parece ser uma delas.

Destaques V+