Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tóquio 2020

Natação. Tiago Campos termina 10 km de águas abertas em 23.º

05 ago, 2021 - 06:55 • Redação

Português teve primeira metade de prova "muito boa", mas depois sentiu-se mal: "Uma vitória ter chegado onde cheguei."

A+ / A-

Veja também:


Tiago Campos terminou a prova de natação de 10 quilómetros em águas abertas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 na 23.ª posição.

O nadador português, estreante em Olimpíadas, percorreu as águas do Parque Marítimo de Odaiba em 1h59m42s, a 11m08s do vencedor.

O alemão Florian Wellbrock conquistou a medalha de ouro, com 25 segundos de vantagem para o húngaro Kristof Rasovszky, medalha de prata. O bronze ficou com o italiano Gregorio Paltrinieri, 27 segundos mais lento do que o novo campeão olímpico da modalidade.

Terminar a prova "foi uma vitória"


Em declarações à RTP, Tiago Campos considera que a sua prova "estava a ser muito boa até metade", quando começou a sentir-se "muito mal".

"Fiquei para trás, mas dei tudo o que tinha para conseguir acabar a prova. Não sei onde arranjei forças para terminar a prova em 23.º. Não era o que eu esperava, mas foi uma vitória ter chegado onde cheguei", vincou.

Agora, resta ao nadador continuar a trabalhar "de cabeça erguida, para que em Paris 2024 esteja muito melhor e chegue a um melhor resultado".

Na quarta-feira, Angélica André tinha sido 17.ª na corrida feminina. Igualou o melhor resultado de sempre de Portugal nos 10 quilómetros em águas abertas, obtido por Daniela Inácio em Sydney 2000.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+