Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Tóquio 2020

Tóquio 2020. Patrícia Mamona volta a bater recorde nacional

01 ago, 2021 - 12:30 • Redação

Atleta portuguesa conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos. Anterior recorde superado em 35 centímetros.

A+ / A-

Veja também:


Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e bateu o recorde nacional do triplo salto por três vezes, melhorando a marca em 35 centímetros.

A atleta portuguesa conseguiu, logo à primeira tentativa, obliterar o recorde nacional no triplo salto e agarrar o segundo lugar.

Patrícia Mamona saltou 14,91 metros, superando o recorde nacional, que já lhe pertencia em 25 centímetros.

Mas o melhor ainda estava para vir. A atleta do Sporting, que se apresentou em Tóquio em grande forma, conseguiu melhorar a marca.


Mamona voltou a bater o recorde nacional, desta vez saltando 15,01 metros, garantindo a medalha de prata nos Jogos Olímpicos, depois do 6.º lugar alcançado no Rio de Janeiro, em 2016.

Na última tentativa, a atleta do Sporting fez 14,97 metros, marca que também é superior ao anterior recorde de 14,66 metros.

A medalha de ouro foi para a venezuelana Yulimar Rojas, que bateu o recorde do mundo do triplo salto.

Rojas saltou 15,67 metros no último ensaio da competição e garantiu a medalha de ouro.

O recorde do mundo do triplo salto feminino da ucraniana Inessa Kravets cai 26 anos depois.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+