Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Jorge Jesus

"Benfica e PSV já deviam estar na fase de grupos da Champions"

17 ago, 2021 - 14:16 • Redação

Jorge Jesus espera encontrar um adversário "super ofensivo". Treinador ainda não decidiu quem joga no ataque. Yaremchuk ou Gonçalo Ramos? "Até podem jogar os dois", admite.

A+ / A-

Jorge Jesus lamenta que Benfica e PSV não possam estar em simultâneo na fase de grupos da Liga dos Campeões. Adversários no "play-off", os dois clubes, defende o treinador dos encarnados, "são equipas à imagem das grandes equipas da Champions".

"São duas equipas que já deviam estar na fase de grupos. São duas equipas que se podem bater com os grandes candidatos a vencer a Champions", diz Jesus, em conferência de imprensa.

O treinador considera que as duas equipas partem em pé de igualdade para estar eliminatória e pela frente espera encontrar um PSV "super ofensivo". "Espero um PSV muito agressivo ofensivamente, com jogadores na frente com muito talento individual", alerta.

Jesus destaca, em particular, o alemão Mario Gotze, "um criador forte do jogo do PSV", a quem o Benfica "não pode dar muito espaço".

Yaremchuk ou Gonçalo Ramos? "Até podem jogar os dois"

No Benfica há dúvidas sobre o sistema que Jorge Jesus vai escolher e decorrente dessa dúvida há interrogações sobre que jogadores irão entrar de início. No ataque, Yaremchuk deu boa resposta frente ao Arouca, mas Gonçalo Ramos também tem estado em bom plano.

Questionado sobre que opção vai tomar, o técnico diz que "até podem jogar os dois". "Ainda não decidi o sistema que vou utilizar, o que poderá ditar que joguem os dois, ou só um. Estão os dois muito bem. Decidirei por alguns pormenores", explica.

Rodrigo Pinho já treinou, esta terça-feira, e também entra no lote de opções. Certo é que JJ não contará com Vertonghen, Ferro, Darwin e Seferovic, lesionados.

Pouco a dizer sobre alemães

Felix Brych é o árbitro do primeiro jogo com o PSV e o Benfica não tem grandes memórias do alemão. Além de ter apitado a final da Liga Europa que os encarnados perderam para o Sevilha, esteve também no jogo com o PAOK, na época passada, que ditou a eliminação da equipa portuguesa da Liga dos Campeões.

Jesus não vê "fantasmas" e garante que a nomeação de Brych lhe dá "segurança". Ainda sobre alemães, o treinador foi questionado se teria um sabor especial afastar uma equipa orientada por um germânico, Roger Schmidt, numa alusão a uma virtual competição entre treinadores portugueses e alemães na afirmação de cada uma das escolas a nível mundial.

Jesus não atribui qualquer significado a essa circunstância e diz, inclusivamente, que não reconhece os treinadores alemães como diferenciados dos demais. "Acho, por exemplo, os argentinos mais criativos", observa.

O Benfica-PSV, a contar para a 1.ª mão do "play-off" da Liga dos Campeões, é esta quarta-feira, às 20h00, no Estádio da Luz. O jogo tem relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+