Tempo
|

A+ / A-

8 dezembro 2023

Gatos


Há uns anos, em Moscovo, a equipa de segurança da embaixada dos Países Baixos reparou que os seus dois gatos siameses miavam muito e arranhavam sempre as mesmas paredes. Investigaram, pensando que encontrariam ratos, em vez disso, descobriram microfones escondidos por espiões russos.

Gatos

Optaram por não os desligar e passaram a encenar conversas ao pé deles para enganarem os russos. E o truque resultou graças aos gatos.

Existem milhares de histórias que nos fazem gostar de gatos e, evidentemente, ninguém gosta tanto deles como os seus donos.

Por exemplo: quando um abastado antiquário britânico morreu, em 1988, ele deixou a sua fortuna de vários milhões de dólares ao seu gato, Blackie, fazendo dele o gato mais rico do mundo. Já o record do Guinness para o gato mais velho de todos os tempos pertence a Creme Puff, do Texas, que viveu 38 anos e 3 dias.

Os gatos estão por todo o lado, até têm um musical em nome próprio, e hoje vamos olhar para algumas das suas particularidades.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.